L. F. Veríssimo e o casamento do Príncipe

Salvos 

A rainha Elizabeth acordou num sobressalto. Havia alguém no seu quarto! Acendeu a luz e viu que era o príncipe Philip.

— Philip! O que você faz aqui? Há 30 anos que você não vem ao meu quarto!

— Calma, Beth. Não consegui dormir, pensando no casamento do William, nosso neto. Essa Kate… Não será uma nova Diana, que vem infernizar nossas vidas?

— Philip, como sempre você não entendeu nada. Esse casamento é a melhor coisa que poderia ter nos acontecido. Para começar, reforça a ideia que o William seja meu herdeiro, o que pouparia o Reino Unido de ter o Charles como rei e aquela Camilla como rainha. Você sabe que eu só não morri ainda para evitar que isso aconteça. Em segundo lugar, o casamento estimulará a economia, atrairá turistas e, o mais importante, salvará a monarquia. Eu sei que você só lê o noticiário do turfe mas deve ter ouvido falar que estamos numa recessão, e que o novo governo está impondo medidas drásticas de contenção de despesas. Não demoraria muito e aumentaria a discussão sobre os custos da monarquia. Cedo ou tarde alguém perguntaria se os cortes nos gastos sociais não deveriam incluir o que você gasta com conhaque, Philip. A movimentação em torno do casamento e o entusiasmo das pessoas com o casal acabarão com essa discussão. A Kate é um pouco magrinha demais para o meu gosto, mas é ela que garantirá nossa mesada por mais alguns anos.

— Você acha?

— Acho, Philip. Agora volte para o seu quarto

Luis Fernando Veríssimo, Zero Hora 22/11/2010

Monarquistas brasileiros

Há poucos dias, redescobri os monarquistas brasileiros, graças àquela Reportagem da Isto É que falou sobre os novos/velhos aliados da política conservadora no Brasil, aglutinados sob o guarda-chuva de José Serra. Entrei em alguns blogs e sites e encontrei várias pérolas. Por exemplo, você pode até não saber, mas o Brasil tem um Príncipe! Ele se chama Dom Luiz de Orleans e Bragança e é bisneto da Princesa Isabel. Dom Luiz é o primeiro na linha sucessória, caso um dia o Brasil resolva se reintegrar à Portugal. Mas não é o único. Existe, em pleno 2010, um conjunto de indivíduos que se intitulam “Família Real”. Acredite se quiser.

Mas o mais interessante de tudo mesmo são estes dois vídeos que disponibilizo abaixo. Os dois se complementam e juntos formam uma só peróla. No primeiro vídeo, Dom Bertrand de Orleans e Bragança fala sobre as políticas sociais do Governo Lula, após uma palestra em Vila Velha-ES. Dom Bertrand é contra o Bolsa Família pois, segundo ele, as pessoas que ganham o benefício se acostumam a não trabalhar e há estudos sociológicos que indicam que se uma pessoa deixa de trabalhar um ano, ela nunca mais volta a trabalhar na vida. Já no segundo vídeo, Dom Luiz concede entrevista em sua casa, no Bairro de Higienopolis, em São Paulo e conta como vive a família real. Além de explicar que nunca se casou, porque para os membros da Família Real o casamento é um ato político e só pode se dar entre “pares de mesmo nível”, Dom Luiz conta como vivem os príncipes e princesas brasileiros: “Nós não vivemos no luxo e nem no esplendor. Alguns têm empregos. Outros, como meu irmão, Dom Bertrand e eu, vivemos de auxílio de monarquistas que nos ajudam a tocar a vida, mas sem nenhum luxo”. Realmente. Quem vive de benefício alheio e se acostuma a não trabalhar, acaba não trabalhando mesmo…

Gostou?

Leia também A Quarta Mulher do Rei – David Coimbra

Assista no Youtube: Escândalo financeiro envolve Família Real – Rainha tenta usar Fundo de Auxílio à Pobreza para pagar conta de luz do Palácio de Buckinghan (08/10/2010)

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Fora de Pauta com as etiquetas , , , , , , , , , . ligação permanente.

Uma resposta a L. F. Veríssimo e o casamento do Príncipe

  1. Leandro diz:

    Isto teria que ser visto do ponto de vista de que eles viajam muito em beneficio da causa monárquica, coisa que quem realmente nao fa nada nao faria!
    a vida deles, porem Dom antonio trabalha pois tem filhos!
    e ninguem ‘e obrigado a sustentar eles! portanto nao sao vagabundos!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s