Minhas Duas Estrelas

Minhas duas Estrelas

Conceito: 1

Categoria: Biografia

Gostaram da Mini-Serie “Dalva e Herivelto”? Este é um bom livro para as pessoas que curtiram a Adriana Esteves e o Fábio Assunção naqueles cinco episódios da Globo.

Em termos gerais o relato do livro não destoa muito do que a TV quis mostrar. As memórias do Pery Ribeiro, filho mas velho do casal Dalva&Herivelto,  são sim recheadas de ressentimentos pelo pai. Mas para quem antecipa, sem ler, a crítica de que o livro é “vingativo”, ou qualquer coisa do gênero, posso dizer que não é verdade. O livro não esconde o seu viés e o autor não esconde a sua personalidade meio “chorona” e bastante traumatizada pela infância. Mas há demonstrações de carinho e respeito do filho pelo pai do começo ao fim. Bem mais do que na mini-série, aliás.

Li um texto do Argemiro Ferreira no Vermelho onde ele critica a imagem que a Mini-Série (que ele diz não ter assistido, só ouvido falar) e o livro, “editado às pressas” pela Globo, criaram do Herivelto Martins. Eu acho que o Argemiro deveria ter assistido a Mini-Série e lido o livro. Não foi bem assim.  A verdade não tem como ninguém saber, mas acho que grande parte daquele comportamento “pouco popular” do Herivelto, era o comportamente dos homens da época mesmo. E no texto, parece que o Argemiro faz um desagravo à esse comportamento. Bobagem. Deve ter sido aquilo mesmo, se não por culpa da personalidade, por culpa do tempo.

A mini-série não é totalmente fiel à realidade. Estava lendo, também no Vermelho, que o samba da Praça 11 não ganhou da Amélia naquele concurso. Houve um empate e as duas composições ganharam o prêmio. Outras pequenas coisas são os maridos da Dalva: O cantor Rick Valdez era fictício. Na realidade ele representa um argentino chamado Tito, com quem a Dalva de Oliveira viveu por 14 anos (mesmo tempo em que esteve casada com o Herivelto Martins); O Dorival, terceiro marido mais jovem, na realidade se chamava Nuno. Algumas músicas e intérpretes também são apresentados deslocados do contexto histórico em que deveriam aparecer.

O livro é bom de se ler: 56 capítulos de 2 a 3 páginas. Algumas fotos e várias letras de música. Além da história da Cantora e do Compositor, conta a história de pelo menos 3 décadas de ouro da música popular brasileira. Recomendo e empresto, se precisarem!

Obs: Resolvi modificar algumas notas dadas a outros livros. Baixei alguns de “4” para “3”. Isto não é para desvalorizar os livros que estão ganhando 3. É para valorizar mais os meus 4´s. No fim, eu estava dando 4 pra todo mundo. Modifiquei o conceito de “Honoráveis Bandidos” e “Abaixo à Repressão”.


Anúncios
Esta entrada foi publicada em Eu li: Música com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s