O Natal é Bom!

Eu gosto do Natal. Acho Ano Novo melhor: a comida é melhor, a bebida é melhor, a festa é melhor e acho que depois que você cresce e, digamos assim, muda de patamar na grande escala universal das suas necessidades de consumo, o ano novo passa a ter mais significado. Mas eu não tenho nenhum tipo de mau humor ridículo no dia 24 de dezembro.

Essa semana eu li quase 30 textos em jornais, sites e blogs sobre o Natal. A maioria era completamente radical, grande parte deles radical pelo lado religioso, aquela coisa da apoteose do nascimento de cristo. Mas tinha também um número considerável de textos dos “inimigos do natal”: O natal é uma fraude! É o dia do ano em que as famílias fingem se amar! Se se amassem mesmo não precisavam de uma data especial, ficariam unidas e comemorariam todos os dias…

Eu acho essa gente toda muito chata. Cristo eu não discuto. Deixa ele quieto lá. Agora os outros (chatos), entendam: Não, não dá pra comemorar todo dia! As pessoas ficariam obesas! E diabéticas! E morreriam, de problemas cardiovasculares!

E o fato de você não suportar a convivência diária com toooodos os seus parentes não significa que você não os ame.

Também refleti sobre os discursos de cunho mais revolucionário, sobre o consumismo e etc. Mas para quem me contra-argumentasse isso eu diria: Reformistas! O problema não é o natal! É o capital!

Rá!

Depois de tanto ler coisas, e achar as pessoas chatas, resolvi declarar publicamente o meu não-nojinho pelo natal.

Este Blog apóia o Natal!

Esta entrada foi publicada em Fora de Pauta. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s